O som dos animais

o som dos animaisOi Pessoal, tudo bem?

Vocês sabem imitar o som dos animais? Eu acho que até imito bem alguns…Mas outros hahahahaha – Esse vídeo é bem legal para quem quer aprender a fazer o som dos bichinhos :)

Esse também é um vídeo educativo para bebês e crianças em idade escolar. O som dos animais são: cachorro, gato, galinha, pato, carneiro, galo, leão, tigre, sapo, urso, cobra, cavalo, vaca, lobo, macaco.

Se você gostou do vídeo dá um curtir e se inscrevam em nosso canal :)

O DESENVOLVIMENTO DO BEBÊ, SEMANA A SEMANA

formacao-do-bebeMuito bem: vocês descobriram que vão ter um filho. Não importa se é o primeiro, o segundo ou o terceiro; toda gestação deixa os pais apreensivos. A mãe, principalmente, passa os dias pensando em como o bebê está se desenvolvendo – e vai da alegria à preocupação em minutos. A seguir, você vai entender como o bebê se desenvolve, semana a semana.

SEMANA 1

A contagem começa com o primeiro dia da última menstruação da mulher – portanto, ainda não há bebê na primeira semana.

SEMANA 2

O óvulo é fecundado, geralmente na trompa, entre o final da segunda semana e o início da terceira.

SEMANA 3

As informações genéticas dos pais são transmitidas ao bebê na fecundação. Nesse momento, são definidos, por exemplo, a cor dos olhos e o sexo, que depende do cromossomo presente no espermatozoide: X (feminino) ou Y (masculino). Assim, o sexo é definido pelo pai, e não pela mãe.

SEMANA 4

O zigoto (por enquanto, é esse o nome do futuro bebê) implanta-se no útero, e a placenta – responsável pela alimentação do feto durante toda a gestação – começa a se formar. O zigoto tem menos de 1 mm, e é ao final dessa semana, quando a mulher menstruaria, que podem surgir os primeiros enjoos.

SEMANA 5

O embrião desenvolve as três membranas celulares – ectoderma, mesoderma e endoderma – que darão origem aos diversos órgãos e sistemas.

SEMANA 6

Os órgãos começam a se formar, e têm início os primeiros batimentos cardíacos. Da cabeça ao bumbum, o zigoto mede cerca de 5 mm. Os sintomas ficam mais intensos, e, se a mãe ainda não descobriu a gravidez, é provável que comece a desconfiar – a menstruação está atrasada há duas semanas.

SEMANA 7

Os órgãos continuam a se desenvolver – inclusive pernas e braços; é nessa semana que começam a se formar os órgãos genitais. A placenta está pronta e o cordão umbilical se desenvolve.

SEMANA 8

Cotovelos e dedos das mãos e dos pés começam a se desenvolver. O bebê cresceu bastante – foi agora promovido a feto –, e o útero já está bem maior, mas as mudanças ainda não são muito visíveis por fora.

SEMANA 9

No final dessa semana o feto tem aproximadamente 1,6 cm e é bastante desproporcional: a cabeça e os membros superiores são bem maiores que os membros inferiores. O coração está formado e chega a 150 batimentos por minuto.

SEMANA 10

Os olhos já estão bem desenvolvidos, mas localizado nas laterais da cabeça. O pênis (nos meninos) ou clitóris (nas meninas) começa a se formar, assim como a pele do bebê, que ainda é muito fina.

SEMANA 11

A parte crítica da chamada malformação congênita já terminou, mas, mesmo assim, o uso de medicamentos e exames de raio X só devem ser feitos em caso de extrema necessidade e sob recomendação médica.

SEMANA 12

Quase todos os órgãos e estruturas estão formados. Embora a mãe não perceba, o bebê já se movimenta bastante. Os dedos dos pés e das mãos se separaram, e as unhas começam a crescer. O feto tem 6 cm. Os enjoos e o cansaço diminuem, mas o aumento de apetite pode se intensificar.

SEMANA 13

Os órgãos amadurecem. Os olhos e as orelhas começam a assumir a posição natural. A cabeça e o corpo são mais proporcionais, e o feto já tem a aparência de um bebê.

SEMANA 14

Da cabeça ao bumbum, o feto tem aproximadamente 9 cm, mas, da cabeça aos pés, pode chegar a 15 cm.

SEMANA 15

Os ossos começam a ficar mais duros, e o lanugo – uma espécie de pelagem muito fina e protetora – passa a recobrir o corpo do feto e a protegê-lo.

SEMANA 16

Os braços são mais longos que as pernas; já é possível sentir a movimentação! Por meio do exame de ultrassom, pode-se identificar o sexo do bebê.

SEMANA 17

Os reflexos começam a aparecer, e o feto é capaz de piscar, sugar e bocejar. Nesse período, tem início a deposição de gordura sob a pele do feto, que, da cabeça aos pés, mede 17 cm.

SEMANA 18

Os olhos e as orelhas já estão na posição natural e, certamente, a mãe já pode sentir o bebê se mexer. Embora esteja bem grandinho, ainda há muito espaço para ele se movimentar!

SEMANA 19

O “vérnix caseoso” – substância sebácea de cor esbranquiçada que protegerá a pele do feto do líquido do útero e será absorvido pelo organismo do bebê cerca de 24 horas após o parto – recobre a pele do feto. Nessa fase, o feto já tem períodos de sono e alerta intermitentes. Nos meninos, a próstata está formada. Nas meninas, o útero e os ovários – com todos os óvulos que terá durante a vida – também já existem.

SEMANA 20

O lanugo aparece na cabeça; esses pelos cairão na segunda semana após o nascimento. Da cabeça aos pés, o feto mede cerca de 22 cm.

SEMANA 21

O feto está com o corpo coberto de lanugo, principalmente na face, cabeça e pescoço. Braços e pernas mostram-se mais proporcionais ao corpo, e ele não para de se mexer.

SEMANA 22

O feto pode estar beirando 500 g! O cérebro começa a crescer rapidamente; as unhas e as sobrancelhas já estão formadas.

SEMANA 23

Com aproximadamente 27 cm – da cabeça aos pés –, o corpo do feto está cada vez mais proporcional. Ele já pode ouvir os batimentos cardíacos, a digestão e a voz da mãe.

SEMANA 24

Nessa semana, o bebê se mexe muito; é a fase do “chutando a barriga”. Mesmo com cerca de 650 g, se o bebê nascesse agora, teria muitas chances de sobreviver, ainda que o sistema respiratório não esteja totalmente desenvolvido. Da cabeça aos pés, ele mede aproximadamente 28 cm.

SEMANA 25

Os pulmões começam a se desenvolver rapidamente para se adaptar à vida extrauterina. O feto é capaz de ouvir sons que vêm de fora do útero e seus olhos já respondem à luz.

SEMANA 26

Cérebro e pulmões estão se aperfeiçoando. Da cabeça aos pés, o feto mede cerca de 30 cm e pesa aproximadamente 1 kg.

SEMANA 27

Os pulmões são capazes de respirar. As ondas cerebrais do feto são semelhantes às de um recém-nascido. Os cílios estão presentes, e as pálpebras se abrem e se fecham.

SEMANA 28

Os olhos estão formados e o cérebro, bastante ativo. Da cabeça aos pés, o feto mede aproximadamente 35 cm e tem cerca 1,2 kg. Com tudo isso, a mãe, com a barriga bem grandinha, já se sente mais cansada e, às vezes, tem dificuldade para respirar.

SEMANA 29

O cérebro do feto é capaz de controlar a respiração e a temperatura do corpo; no entanto, se nascesse agora, precisaria de aparelhos e seria mantido numa incubadora. O bebê está cada vez mais sensível a sons, luz, sabores e aromas. Ele brinca com o cordão umbilical e se mexe bastante.

SEMANA 30

Com aproximadamente 1,5 kg e 40 cm da cabeça aos pés, o feto tem a pele menos enrugada e, por causa do ganho de peso, já seria capaz de controlar melhor a temperatura corpórea fora do útero.

SEMANA 31

O ritmo de crescimento diminui, mas o feto continua ganhando bastante peso. O único órgão que não está totalmente pronto para o nascimento é o pulmão.

SEMANA 32

Alguns bebês já se posicionam para o parto normal, ou seja, de cabeça para baixo. As unhas – tanto dos pés quanto das mãos – cresceram, e a quantidade de cabelos também aumenta. O feto mede cerca de 42 cm e pesa aproximadamente 1,7 kg.

SEMANA 33

A maior parte do lanugo desapareceu. O bebê treina bastante os movimentos de respiração e sucção. Continua a ganhar peso e, provavelmente, terá mais de 2 kg ao final dessa semana.

SEMANA 34

Os ossos já estão bem duros, e o sistema imunológico, em desenvolvimento. Embora se mexa bastante, já não tem espaço para cambalhotas!

SEMANA 35

É possível que o feto posicione-se na pelve, deixando a barriga mais baixa. Nesse período mede cerca de 45 cm – da cabeça aos pés – e pesa em torno de 2,5 kg.

SEMANA 36

A gordura está se acumulando nos ombros e joelhos. Com cerca de 2,8 kg, está quase pronto para nascer, mas isso pode demorar ainda seis semanas! As visitas ao médico passam a ser semanais.

SEMANA 37

Com cerca de 47 cm e 3 kg, o bebê está pronto para nascer! A partir dessa semana, as contrações podem começar a qualquer momento, e há risco de a bolsa se romper. Se ainda havia dúvida, agora o médico pode decidir entre o parto normal e a cesariana.

SEMANA 38

O bebê tem órgãos bem amadurecidos, e os ossos, flexíveis, continuam a endurecer. Nessa fase, ele ganha cerca de 30 g por dia! Essa gordura, além de fonte de energia, o ajudará a controlar a temperatura corporal após o nascimento.

SEMANA 39

O bebê se prepara para nascer a qualquer momento. Os pulmões estão totalmente maduros, e o intestino produz as primeiras fezes – chamadas de mecônio.

SEMANA 40

Com cerca de 50 cm e 3,5 kg, o bebê deve nascer nesta semana, mas, se isso não acontecer, não se apavore! Ele ainda pode esperar mais duas semanas para vir ao mundo. É muito importante que o médico acompanhe de perto essa fase.

 

Nota Caseirices:

Retiramos esse maravilhoso texto do livro do Guia Prático Pais e Bebês de Nara Raggiotti

A presente obra é disponibilizada pela equipe Le Livros e seus diversos parceiros, com o objetivo de oferecer conteúdo para uso parcial em pesquisas e estudos acadêmicos, bem como o simples teste da qualidade da obra, com o fim exclusivo de compra futura. É expressamente proibida e totalmente repudíavel a venda, aluguel, ou quaisquer uso comercial do presente conteúdo.

Você pode comprar o livro neste link icon smile Gravidez   Principais Sintomas